^ Back to Top

A cidade de Silva Jardim foi representada, através da Secretaria Municipal de Turismo, Indústria e Comércio (Semtic), durante a 43ª edição do evento da Associação Brasileira de Agências de Viagens (Abav) Expo Internacional de Turismo, que aconteceu no fim do mês passado em São Paulo.

A Abav Expo Internacional de Turismo é considerada uma das mais importantes feiras do setor nas Américas e reúne agências de viagens, operadoras e expositores de mais de 60 países. Em sua penúltima edição, mais de 40 mil pessoas participaram do evento.

O subsecretário da Semtic, Felipe Rocha, participou da feira e falou sobre a importância da cidade ter sua representatividade no evento. “Além de promover o município entre os principais polos emissores de turistas, a participação consolida a cidade de Silva Jardim como destino turístico”, disse o subsecretário.

Além de representar a cidade, Felipe Rocha também foi homenageado pela Associação Brasileira de Turismólogos e Profissionais do Turismo (ABBTur), que, segundo ele, premiou apenas oito turismólogos do Brasil inteiro que se destacaram este ano. “Acredito que foi fruto do trabalho que a equipe da Semtic desenvolveu durante mais de um ano. […] Fico feliz do prêmio chegar enquanto estou na cidade de Silva Jardim. O prêmio é da cidade também”, finalizou o subsecretário.

O evento foi realizado entre os dias 24 e 26 de setembro. De acordo com o subsecretário, durante a feira, ele teve a oportunidade de divulgar a cidade, falar sobre os pontos turísticos e alguns dos cartões postais mais visitados do município em um espaço que foi cedido pela Secretaria de Estado de Turismo do Rio de Janeiro.

 

(Fotos: Divulgação/Semtic)

Leia mais:Silva Jardim é representada em evento sobre turismo em São Paulo

 

O município de Silva Jardim será um dos 15 beneficiados do Estado do Rio de Janeiro com a passagem no seu território da nova ferrovia de transporte de cargas Rio-Vitória (EF-118), que está sendo chamada de “ferrovia da integração entre os portos das regiões por onde passará”, prevista para ser construída até 2022. O projeto de construção vai ser apresentado aos representantes das respectivas cidades pelo Governo do Estado em reunião provavelmente ainda durante o mês de outubro próximo.

Segundo Jocenildo de Andrade, coordenador de Indústria e Comércio da secretaria municipal de Turismo, Indústria e Comércio (Semtic) e Carlos Henrique Vieira, coordenador de Obras e Serviços Públicos da Secretaria municipal de Obras e Serviços Públicos (Semosp), a obra prevê a construção de centros de abastecimentos nas cidades por onde ela passar. O que poderá contribuir para o desenvolvimento do comércio e da indústria, criação de postos de trabalho e aquecimento da prestação de serviços. Tais centros poderão funcionar como terminais de cargas encomendadas e a serem distribuídas às empresas locais e/ou regionais. Ao todo a ferrovia cortará 25 municípios, sendo 10 deles no território capixaba. E será interligada a outras regiões do País, através de outras ferrovias.

De acordo com o traçado da nova ferrovia em Silva Jardim, o seu leito ficará próximo à estrada BR-101. A EF-118 terá início no município fluminense de Nova Iguaçu e irá até Cariacica (ES), passando, ainda, por Duque de Caxias, Niterói, São Gonçalo, Tanguá, Itaboraí, Rio Bonito, Casimiro de Abreu, Rio das Ostras, Macaé e Campos. Na sua maior parte seguirá o antigo traçado e leito da Ferrovia Centro Atlântica (FCA), porém com bitola mais larga do que a da mesma.

O trecho da FCA que cruza o Centro de Silva Jardim, cujo tráfego se encontra desativado, não será utilizado pela ferrovia Rio-Vitória. Jocenildo de Andrade adianta que já está em entendimentos junto à FCA para que ela colabore na implantação de um projeto de viagens turísticas no perímetro da linha férrea que vai do Centro da cidade à Lagoa de Juturnaíba.

Conforme o projeto, a ferrovia Rio-Vitória terá 577,7 quilômetros de extensão com todos os cruzamentos em desnível (através de elevados e/ou túneis), inclusive em estradas vicinais oficiais. Na medida do possível, o seu percurso evitará os centros de cidades. Ela está orçada em cerca de R$ 7,8 bilhões. Os recursos deverão ser captados junto ao Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES).

Também poderá contar com investimentos internacionais, a exemplo de uma empresa chinesa que já manifestou interesse na participação. A implantação de centros/parques/pátios/plataformas de distribuição nas cidades por onde ela passar já faz parte do seu projeto. Caberá aos municípios se adequarem e se prepararem para viabilizar a implantação desses centros.

A obra gerará cerca de 3.500 empregos diretos ao longo das cidades atravessadas já no seu estágio inicial de construção. Segundo o cronograma de desenvolvimento do projeto, o início das obras deve acontecer no 1º semestre de 2018. O projeto executivo deverá ser efetuado entre o 2º semestre de 2017 e o segundo de 2020. O Edital de Licitação será publicado até julho de 2016 e, o projeto consolidado, em 2017. A estrada de ferro tem a previsão de transportar 91,5 milhões de toneladas de carga por ano. Não está descartada a hipótese de ela ser utilizada para o transporte de passageiros nos trechos que houver viabilidade técnica e demanda suficiente de tráfego de pessoas.

 

DEVER DE CASA

Os municípios deverão adequar os seus respectivos Planos Diretores e Leis de Ocupação do Solo ao traçado e previsão de construção da nova ferrovia. Jocenildo de Andrade adianta que Silva Jardim já está providenciando isto. As mudanças são para que o Município tenha condições de usufruir melhor dos benefícios que a ferrovia poderá trazer, transformando o seu entorno em área de interesse de desenvolvimento comercial e/ou industrial. Junto ao traçado da nova ferrovia em Silva Jardim poderá surgir até mesmo uma nova Zona Especial de Negócios (ZEN).

 

(Reportagem: Evaldo Peclat Nascimento)

Leia mais:Construção da nova ferrovia Rio-Vitória beneficiará Silva Jardim

 

Dois dos mais conhecidos destinos turísticos de Silva Jardim: a Represa de Juturnaíba e a localidade de Aldeia Velha, podem ser inclusos em pacotes oferecidos por agências de viagens da capital fluminense. De acordo com a Secretaria Municipal de Turismo, Indústria e Comércio (Semtic), a iniciativa faz parte de uma parceria entre a prefeitura da cidade e a Convention Visitors Bureau (CVB), empresa de desenvolvimento turístico.

No início do mês de setembro/15, a equipe da Semtic e da Polícia Militar participaram de uma reunião com representantes da Associação de Moradores de Aldeia Velha, proprietários de restaurantes e pousadas da localidade, além de moradores da região, para discutir estratégias de aprimoramento da segurança pública e fortalecimento do turismo na região, junto à iniciativa privada.

Durante o encontro, que foi realizado na Escola Municipalizada Aldeia Velha, o presidente do CVB, Juliano Garcia, apresentou uma palestra explicando à população o objetivo da iniciativa, que possui foco voltado para promoção do turismo.

O comandante da Polícia Militar em Silva Jardim, tenente Douglas Coutinho, revelou que está avaliando a possibilidade de instalar um Destacamento de Policiamente Ostensivo (DPO) em Aldeia Velha para fortalecer a segurança no distrito, que segundo os moradores locais, está enfrentando problemas com carros de som durante a madrugada, nos fins de semanas.

 

O secretário da Semtic, Tiago Gomes, acredita que com o reforço da segurança pública em Aldeia Velha a procura turística da localidade aumente. “Quando o turista chega em um lugar e encontra boa segurança pública, enxerga com outros olhos e tende a voltar”, finalizou Tiago Gomes.

Leia mais:Destinos turísticos de Silva Jardim podem ser divulgados por agências de viagens do RJ

O projeto de sinalização turística de Silva Jardim, que está sendo elaborado pelo Instituto Estadual de Engenharia e Arquitetura (IEEA) em convênio com a Administração Municipal, será todo adaptado à sinalização de trânsito da duplicação da rodovia BR-101, a qual é executada pela concessionária Autopista Fluminense. A adequação é resultado de entendimento mantido pelo secretário de Turismo, Indústria e Comércio (Semtic) de Silva Jardim, Tiago Gomes; e o engenheiro do IEAA, Antônio Kropf, em reunião com o engenheiro Giovane Zito Gomes e Débora Lourençon Santana, respectivamente, gerente de engenharia e coordenadora de projetos da Autopista Fluminense, no último dia 01/09, no escritório da empresa, em São Gonçalo. A execução do projeto facilitará e orientará o fluxo de visitantes na cidade, alavancando o Turismo no Município, que aposta no seu potencial turístico como fonte de renda para a sua economia.

Segundo Tiago Gomes, os representantes da Autopista Fluminense disponibilizaram para a Administração Municipal e o IEEA os arquivos digitais da sinalização das obras previstas para os acessos existentes ao longo dos 37 quilômetros de rodovia que cruzam o Município (Silva Jardim detém a maior extensão da rodovia na Região). Com base nesses dados, o IEEA e a Prefeitura vão definir em que pontos deverão ficar as placas e outros itens de sinalização turística, sendo que os mesmos devem ser colocados a cerca de um quilômetro de distância dos referidos acessos em ambos os sentidos da rodovia (Norte e Sul).

A sinalização turística constará de placas indicando os principais pontos turísticos e de visitação do Município, a exemplo das localidades de Aldeia Velha, Bananeiras, Lagoa de Juturnaíba, Imbaú, Pirineus e Gaviões, entre outras. Assim como os seus atrativos naturais/culturais/históricos e as vocações econômicas da cidade. Tiago Gomes e o engenheiro do IEEA também conversaram com os representantes da Autopista sobre a possibilidade de serem instalados dois grandes portais ou pórticos indicando os limites do Município na BR, sendo um na divisa com Rio Bonito e outro com a de Casimiro de Abreu. Depois de devidamente adequado e adaptado às especificações dos acessos previstos pela Autopista Fluminense, o projeto de sinalização turística de Silva Jardim será apresentado àquela concessionária para avaliação e aprovação e/ou readaptação, se for o caso.

Tiago Gomes levanta, ainda, a possibilidade de um entendimento com a Autopista no sentido de o Município fazer divulgação turística através de colocação de banners e placas, bem como de distribuição de panfletos turísticos da cidade em postos de pedágio da concessionária situados na Região. O projeto de sinalização de Silva Jardim deverá ficar pronto em dois meses. Após a conclusão do mesmo, a Prefeitura captará recursos para a sua execução, inclusive junto ao Governo Federal. A elaboração do projeto é fruto de um convênio firmado no último dia dois de junho entre a Prefeitura e o IEEA, sem ônus para o Município. Técnicos do IEEA já estiveram em Silva Jardim por duas vezes a fim de colherem dados necessários à elaboração do projeto.

 

(Reportagem: Evaldo Peclat Nascimento)

Leia mais:Projeto de sinalização turística de Silva Jardim será adequado à duplicação da Rodovia BR-101

PROGRAMAÇÃO

 

30/08 (Domingo)

07 h 30 min – Santa Missa e Novena (Maria acolhe a Vontade de Deus! - Pe. Rogério Simplício Costa);

18 h 30 min – Santo Terço;

19 h 00 min – Celebração da Santa Missa e Novena (Maria acolhe a Vontade de Deus! - Pe. Allan V. Nascimento;

20 h 30 min – Noite da Pizza;

 

31/08 (Segunda-feira)

18 h 30 min – Santo Terço;

19 h 00 min – Celebração da Santa Missa e Novena (Maria vai ao encontro dos necessitados! - Diác. Matheus de Barros Pigozzo);

20 h 30 min – Noite dos Salgados;

 

01/09 (Terça-feira)

18 h 30 min – Santo Terço;

19 h 00 min – Celebração da Santa Missa e Novena (Maria recebe seu Filho Jesus – Pe Pedro Paulo Neves da Silva);

20 h 30 min – Noite do Pastel;

 

02/09 (Quarta-feira)

18 h 30 min – Santo Terço;

19 h 00 min – Celebração da Santa Missa e Novena (Maria ensina seu povo a rezar – Pe Adriano Rodrigues Maciel);

20 h 30 min – Noite dos Caldos;

 

03/09 (Quinta-feira)

18 h 30 min – Santo Terço;

19 h 00 min – Celebração da Santa Missa e Novena (Maria anunciadora do Reino – Pe Éric de Araujo Pereira da Silva);

20 h 30 min – Noite das Variedades;

 

04/09 (Sexta-feira)

18 h 30 min – Santo Terço;

19 h 00 min – Celebração da Santa Missa e Novena (Maria sabe esperar as demoras de Deus! – Dom Allano Maria Pena);

20 h 30 min – Desfile Mirim com o Musical “Faça-se”;

22 h 00 min – Show Filhos D'Aldeia;

 

05/09 (Sábado)

17 h 00 min – Carreata com Nª Srª da Lapa e São José com benção dos carros em frente a escadaria e entrega de brindes;

19 h 00 min – Celebração da Santa Missa e Novena (Maria nos conduz à Misericordia Divina! Diác. Willians Mar da Silva Paulo);

21 h 00 min – Show Católico com Ilmar Quintanilha;

22 h 30 min – Show de MPB com Débora Neves;

 

06/09 (Domingo)

09 h 30 min – Santo Terço

10 h 00 min – Celebração da Santa Missa e Novena (Maria modelo da “Igreja em Saída” - Pe Humberto S. Marins);

12 h 00 min – Almoço com música ao vivo com Ricardinho e Iriz Diniz;

14 h 00 min – Show de Prêmios;

19 h 00 min – Celebração da Santa Missa e Novena (Maria modelo da “Igreja em Saída” - Pe Douglas Alves Fontes);

21 h 00 min – Show Católico “Promessa de Benção”;

22 h 30 min – Show com Pedro Bragança;

 

07/09 (Segunda-feira)

09 h 00 min – Passeio Ciclístico;

18 h 30 min – Santo Terço;

19 h 00 min – Celebração da Santa Missa e Novena (Missa Votiva do Espírito Santo – Maria mestra dos discípulos, Pe Sérgio Luiz da Silva Soares);

21 h 00 min – Show católico com Dom de Deus;

21 h 30 min – Show de MPB com Claudinei;

 

08/09 (Terça-feira – dia da natalidade de Nossa Senhora da Lapa)

06 h 00 min – Alvorada e Café da Manhã com a Comunidade;

18 h 00 min – Procissão e Santa Missa Solene – Dom José Francisco Rezende Dias

 

21 h 30 min – Show católico com Grupo Renascer.

Leia mais:Festa da Padroeira de Silva Jardim acontecerá dos dias 30/08 a 08/09

Prefeitura Municipal de Silva Jardim - CNPJ: 28.741.098/0001-57 - Tels:(22) 2668-1125/2668-1430/2668-2000 - Rua Luiz Gomes, 46, Centro - Silva Jardim/RJ - CEP: 28820-000