^ Back to Top

Começou na segunda-feira (20/02), com a colocação de fitilhos plásticos num trecho da Rua Luiz Gomes, no Centro da cidade, a ornamentação para o carnaval em Silva Jardim. Haverá, ainda, painéis e outras peças ornamentais na Praça Amaral Peixoto, onde a folia se concentrará com as apresentações de bandas executando sambas e marchinhas típicas da época. A ser aberto extraoficialmente nesta sexta-feira (24) com o desfile do bloco do Centro de Atenção Psicossocial (Caps) e do Andegan, este ano o carnaval na cidade contará com 12 agremiações, se apresentando de sábado a terça-feira.

Durante os quatro dias de festa, haverá apresentação de bandas e blocos, também, nas localidades de Aldeia Velha e Bananeiras. A Prefeitura Municipal, através da secretaria de Turismo, Indústria e Comércio (Semtic), concederá abadás (camisetas) às agremiações, além de disponibilizar um mini-trio elétrico para puxar os foliões.

A concentração dos blocos será próximo ao Centro Cultural Capivari (CCC) e as apresentações no sábado, domingo, segunda e terça-feira obedecerão a uma seqüência prevista pela Semtic. Os blocos que quiserem, poderão utilizar o espaço nos fundos do CCC para se reunirem antes dos desfiles.

Segundo o secretário da Semtic, Ronalt Santiago, a festa será animada por bandas executando antigos sambas e marchinhas. Nos intervalos dos blocos, a banda musical sairá tocando na principal rua do Centro, arrastando os foliões, como já é tradição nos carnavais de Silva Jardim. A dispersão acontecerá junto ao novo Centro de Cultura e Lazer, próximo à Praça Amaral Peixoto.

Os blocos são: Ki-Delícia, Los Bananas (Bananeiras), Piabas da Aldeia (Aldeia Velha), Ferradura de Ouro, Chegou para Ficar, Acadêmicos do Rial, Perereca Banguela, Boca de Álcool, Vem Quem Quer (Varginha), Mula Doida (Aldeia Velha), Vai dar Onda na Brasil e Andegan.

O bloco Boca de Álcool, como acontece todos os anos, saindo durante a tarde, normalmente com o sol ainda forte, promete muito banho com um caminhão pipa-d'água para refrescar os foliões (4ª e 6ª fotos). Os blocos Ferradura de Ouro (5ª foto) e Andegan realizaram ensaios no Centro da cidade no último dia 17/02. A festa terá, ainda, uma ornamentação simples no trecho do desfile e no entorno da praça.

Durante o carnaval haverá, além disso, um “Bloco da Consciência” formado por cerca de 20 servidores da Prefeitura, "puxado" por um carro de som e com o abadá institucional que visitará o balneário de Bananeiras a fim de alertar e conscientizar os freqüentadores sobre a necessidade de manter o local limpo. Será em parceria com as secretarias de Meio Ambiente (Semma -- secretário Helan Abreu Cardozo) e Obras e Serviços Públicos (Semosp -- secretário Vivaldo Magalhães de Oliveira). O "bloco" vai distribuir folders, flyers e livretos sobre o assunto.

REUNIÃO DEFINE INFRAESTRUTURA E ATRIBUIÇÕES DE SECRETARIAS

Segurança geral, atendimento médico, fiscalização em saúde, manutenção de banheiros e preservação do meio ambiente. Esses foram alguns dos serviços que tiveram suas atuações definidas na reunião de secretários no último dia 20/02 visando a estruturação do carnaval silvajardinense. Na secretaria municipal de Turismo, Indústria e Comércio (Semtic), o encontro serviu para que os participantes definissem, ainda, as atribuições de cada Secretaria. A festa de Momo no Município contará com o desfile de 12 blocos, além de bandas executando sambas e marchinhas, no Centro da cidade e nas localidades de Aldeia Velha e Bananeiras.

Também ficou definida como será feita a coleta de lixo e os locais liberados para a atuação dos vendedores ambulantes. A manutenção dos banheiros da Praça Amaral Peixoto, assim como a coleta normal do lixo, será feita pela Secretaria de Obras, que foi representada na reunião pela funcionária Ariana Brum.

A fiscalização ficará por conta da Guarda Municipal (representada no encontro pelo secretário, Dênis David) e pela Fiscalização em Saúde (secretária Tereza Fernandes e servidor Marcelo Matta). A coordenação do carnaval está a cargo da Semtic, cujo secretário, Ronalt Aguiar Santiago, falou sobre o que já foi organizado e como será o desfile dos 12 blocos. Assim como da participação dos blocos do Centro de Atenção Psicossocial (Caps) e da Associação Pestalozzi local.

A secretária de Saúde, Tereza Fernandes, falou na possibilidade de se abrir os postos de saúde de Bananeiras e Aldeia Velha a fim de oferecer melhor e maior atendimento ao grande número de foliões que normalmente frequentam os locais nessas ocasiões. Ou então colocar uma ambulância durante 24 horas de plantão em Aldeia Velha. Já no Centro da cidade, também haverá uma ambulância para o atendimento.

A reunião contou com a participação, ainda, da funcionária representante da Secretaria municipal de Meio Ambiente (Semma), Marri Moraes, e da assessora da Semtic, Taísa Magdalena.

 

Por: Evaldo Peclat Nascimento

Leia mais:Ornamentação do Carnaval já começou no Centro de Silva Jardim

Ordenamento de logradouros, realização de eventos públicos e privados, regulamentação de atividades de vendedores ambulantes, estética e limpeza da cidade. Esses são alguns dos assuntos discutidos na reunião de secretários promovida na última terça-feira (10/01/17) na Secretaria municipal de Turismo, Indústria e Comércio (Semtic) com o objetivo de buscar soluções a fim de tornar a cidade mais atraente não só para os munícipes como também para as pessoas que a visitam.

Os participantes discutiram ações a serem adotadas para a liberação de festas e eventos comunitários no Município, como a criação de um protocolo único com o início da tramitação a partir do Gabinete do Prefeito, por exemplo. Também identificou e distribuiu as ações que devem ser executadas por cada Secretaria, a exemplo da limpeza e manutenção do banheiro da Praça Amaral Peixoto, que é da responsabilidade da Secretaria de Obras e Serviços Públicos.

Segundo o secretário de Turismo, Indústria e Comércio, Ronalt Santiago, que solicitou a reunião, a adoção de um protocolo único de comunicação e solicitação de realização de eventos comunitários promoverá o ordenamento dos mesmos. Pois a Administração Municipal passará a ter um conhecimento prévio dessas festas podendo inclusive organizar uma agenda para o eventual apoio. Neste caso, as respectivas secretarias a prestarem os apoios serão acionadas pelo Poder Municipal central.

-- Assim, a nossa secretaria de Turismo poderá inclusive se preparar para auxiliar até mesmo na melhor divulgação desses eventos, pois alguns deles podem ser feitos em parceria com a Administração Municipal -- pontuou o Secretário Ronalt Santiago.

Os secretários levantaram soluções, ainda, para questões como a necessidade de criação de um depósito público para recolher veículos abandonados nas ruas, sinalização de trânsito, sinalização turística, segurança, comércio irregular praticado por vendedores ambulantes em domicílios e venda de alimentos por ambulantes em portas de escolas.

Analisaram, além disso, o atendimento prestado ao público pelo serviço de táxis, o funcionamento do banheiro público da nova rodoviária municipal e a instalação de ambulantes em pontos estratégicos da cidade. Falou-se, também, sobre a necessidade de reativação da Associação Comercial, Industrial e Agrícola de Silva Jardim (Aciasj). Avaliaram, ademais, o acesso de visitantes aos principais pontos turísticos do Município, como Aldeia Velha, Bananeiras, Pirineus e Lagoa de Juturnaíba. E discutiram formas de melhorar a arrecadação tributária do Município através do Turismo nos vários atrativos naturais de Silva Jardim.

Participaram: os secretários Orlando Correa Xavier (Fazenda), Ronilson Santos Silva (Defesa Civil), Dênis Marcelo David Pessanha (Ordem Pública), Alex Sanders Ferreira da Silva (Transportes), e Ariane Brum (representando o Secretário de Obras, Vivaldo Magalhães de Oliveira) e Roberta Fernandes (representando a Secretária de Educação e Cultura, Kátia Passos).

 

Por: Evaldo Peclat Nascimento

Leia mais:Prefeitura busca soluções para melhorar os serviços e o visual de Silva Jardim

A chegada de 2017 em Silva Jardim foi acompanhada por aproximadamente 2000 pessoas que se reuniram na Praça Amaral Peixoto, no Centro do município. O ano novo em Silva Jardim foi bem familiar e teve apresentação da Banda Stratégya que animou o público e a meia noite do dia 31, o show deu uma parada para a queima de fogos que aconteceu no Morro da Cruz.

O show com a banda Stratégya contou com sucessos do axé, sertanejo e pop, e ainda músicas que serão os hits do verão 2017. Já a queima de fogos, que teve duração aproximada de cinco minutos, foi acompanhada, por boa parte do público, no morro da Paróquia de Nossa Senhora da Lapa. O réveillon 2017 em Silva Jardim foi realizado pela Secretaria Municipal de Turismo, Indústria e Comércio.

 

“No réveillon deste ano, devido a grave crise econômica que o país enfrenta e a queda na arrecadação municipal, fizemos uma comemoração muito enxuta, para que os moradores de Silva Jardim não passassem a chegada do ano novo em branco. Vários municípios da região como Casimiro de Abreu e Rio das Ostras não tiveram comemoração devido a crise. Mas nós com poucos recursos conseguimos fazer uma festa mais familiar.”, disse o Prefeito Anderson Alexandre.

 

Leia mais:Aproximadamente 2000 pessoas acompanharam a chegada de 2017 em Silva Jardim

Uma das principais bandas da região “Strategya” tocará no réveillon de Silva Jardim a partir das 23 horas do dia 31 de dezembro no Centro da Cidade. Com mais de 18 anos de estrada e tendo no currículo abertura de dezenas de shows de grandes nomes da música nacional como: Zeca Pagodinho, Roupa Nova, Belo, Jota Quest, Revelação, Leonardo, Cláudia Leitte e Jorge & Mateus, a banda trará para Silva Jardim um repertório totalmente variado e com as músicas que agitarão o verão 2017. Além do show, haverá queima de fogos a partir da meia noite do dia 31.

 

A realização da celebração da chegada de 2017 no município será da Secretaria Municipal de Turismo, Indústria e Comércio.

 

Leia mais:Banda Strategya se apresentará no réveillon em Silva Jardim

O secretário de Turismo, Indústria e Comércio (Semtic) de Silva Jardim, Ronalt Aguiar Santiago, participou na manhã do dia (23/11) da caminhada para a observação do mico-leão-dourado no circuito-corredor da localidade de Imbaú. Participaram visitantes alemães e franceses, assim como de outros estados do País que fazem diferentes circuitos no Rio de Janeiro desde o último dia 20/11 o qual termina no dia 27/11, na Praia de Copacabana.

O evento foi promovido em parceria pela Fazenda dos Cordeiros, a Associação Mico-Leão-Dourado (AMLD), a RPPN Afetiva, a universidade Unigranrio e a Prefeitura Municipal em comemoração ao Congresso do IVV (Internacionaler Volksporter Verbunder) no Brasil. O IVV é a Federação Internacional dos Esportes Populares, sediada na França.

-- Esta é a primeira vez que realizamos um evento junto à AMLD e podemos promover a observação dos micos-leões aqui no seu habitat natural onde se faz o seu monitoramento, em Imbaú – comemorou a representante da Fazenda dos Cordeiros, Ana Beatriz Cordeiro, uma das organizadoras do evento. O secretário Ronalt Santiago também achou o encontro muito importante para promover o ecoturismo no Município. "A iniciativa atrai a atenção de outros povos para a nossa cidade e as nossas belezas naturais", disse ele.

Os visitantes tiveram a oportunidade de visualizar algumas famílias do primata sob a coordenação de funcionários e do secretário-executivo da AMLD, Luiz Paulo. Os participantes ficaram encantados com a beleza dos animais e a proximidade da observação, aproveitando para registrá-los em fotografias e saberem mais sobre os seus hábitos e convivência com os orientadores. As informações foram traduzidas por uma intérprete.

Além da visitação, também foram plantadas várias mudas de árvores nativas ao longo de um extenso trecho da estrada que dá acesso ao bairro de Imbaú. As mudas foram cedidas pela empresa de paisagismo Biovert, cujo administrador, Miel da Biovert, também esteve presente. A infraestrutura para a recepção e concentração do evento foi cedida pela Unigranrio, que disponibilizou o seu amplo auditório e foi representada pelo coordenador do campus Silva Jardim, Cristiano Menezes.

A AMLD também colocou produtos promocionais como camisetas, bonés, broches e chaveiros em exposição no local, assim como outros participantes ofereceram peças artesanais e doces produzidos no Município. O encontro foi encerrado com um almoço na Fazenda dos Cordeiros, na mesma localidade.

 

Por: Evaldo Peclat Nascimento

 

Leia mais:Secretaria de turismo participa de visita de alemães e franceses ao circuito do mico-leão-dourado...

Prefeitura Municipal de Silva Jardim - CNPJ: 28.741.098/0001-57 - Tels:(22) 2668-1125/2668-1430/2668-2000 - Rua Luiz Gomes, 46, Centro - Silva Jardim/RJ - CEP: 28820-000