^ Back to Top

 

A Secretaria Municipal de Turismo, Indústria e Comercio – SEMTIC de Silva Jardim (Capital do Ecoturismo do Estado do Rio de Janeiro), representada pelo Secretário Felipe Rocha e funcionários da Secretaria, estiveram no dia 27/06 na Cidade Maravilhosa juntamente com voluntários do trade turístico da cidade dando continuidade ao projeto “Descubra Silva Jardim”. A iniciativa partiu da ideia de aproveitar o fluxo de turistas internacionais que vieram para a Copa do Mundo do Brasil. Os representantes de Silva Jardim foram ao Cristo Redentor divulgar os atrativos turísticos de Silva Jardim.


A atividade atraiu a atenção de muitos cariocas e turistas que passavam e paravam para conferir, através do material gráfico, os atrativos turísticos, as belezas naturais e serviços que a cidade de Silva Jardim oferece. Entre as pessoas que tiveram a atenção despertada, turistas estrangeiros demonstraram interesse em desfrutar das belezas naturais da cidade.

O grupo de Silva Jardim foi recepcionado pelo Diretor do Trem do Corcovado, Sávio Neves, que destacou a importância dessa ação para interiorização do turismo no estado do Rio de Janeiro. De acordo com Sávio Neves o fluxo de turistas que a cidade do Rio recebe, principalmente em grandes eventos como a Copa do Mundo, demanda outros roteiros e atrativos em cidades limítrofes e próximas ao Rio, como é o caso de Silva Jardim.


– Em consonância com o Plano Municipal de Turismo, ações como estas serão constantes, pois Silva Jardim possui uma gama enorme de atrativos turísticos que devem ser cada vez mais divulgados e, com isso, explorados tanto pelos turistas quanto pelos próprios munícipes. – ressaltou Felipe Rocha, Secretário de Turismo de Silva Jardim.

Além do atrativo visitado nesta ação, o Cristo Redentor, estão agendadas para a próxima semana outras ações de divulgação em atrativos como Copacabana além de participações em eventos como o da ABAV – Associação Brasileira de Agências de Viagens, que acontecerá em Setembro na cidade de São Paulo, e a participação de eventos em âmbito estadual, como o Salão Estadual de Turismo.

Prefeitura de Silva Jardim: fazendo mais, com menos.



 

 

Um ótimo e animado show do cantor e baixista do Barão Vermelho, Rodrigo Santos acompanhado pelo guitarrista Fernando Magalhães (Barão Vermelho) e o baterista Kadu Menezes (kid Abelha) fechou na madrugada desta segunda-feira (12) as atrações musicais da festa de 173 anos de emancipação político-administrativa de Silva Jardim, no Campo do Rial (Praça Orlando Pedro Xavier).

A última apresentação coroou as participações de Paralamas do Sucesso, que se apresentou no sábado (10), atraindo também um grande público apesar da chuva que caiu praticamente durante todo o tempo, do cantor gospel Thalles Roberto, único que se apresentou sem chuva, na abertura da festa, no último dia 07/05 (quarta-feira), e do Celebrare, no dia 08/05 (quinta-feira). O grupo Sambaí, no dia 09/05 (sexta-feira), também se apresentou sob chuva.

Rodrigo Santos encantou e embalou o grande público (considerado igual ou maior do que o do show do Paralamas do Sucesso), com canções como “Nunca Desista do seu Amor”, “Sete Vidas”, “Um pouco mais de calma” e “Pão-duro”. Já no show do Paralamas do Sucesso, por exemplo, destacaram-se os seus antigos hits como “Favela da Maré”, com o qual o grupo abriu a apresentação. Com o público animado, dançando e pulando mesmo debaixo de muita chuva, o vocalista Herbert Viana lamentou e disse que entendia o fato de as pessoas estarem ali e brincou lembrando que só não iria cantar “Será que vai chover?” Mas cantou “Cuide bem do seu amor”, “Óculos”, “Gaiato no navio”, “Vital e sua Moto”, “Aonde quer que eu vá” e “Caleidoscópio”, além de outros tantos sucessos que embalaram e ainda embalam diversas e diferentes gerações.

 

Também apesar da chuva, o grupo de pagode Sambaí na sexta-feira (09) conseguiu colocar a plateia para sambar e pular ao som de hits como “Fio Maravilha”, “Taj Mahal” e “Sarará Crioulo”, bem como emocionar os apreciadores do gênero ao relembrar sucessos de grupos como Raça Negra, a exemplo de “Que Pena”. Neste dia, bem como nos demais, a animação também ficou por conta dos convidados no camarote oficial, comandados pelo Prefeito Anderson Alexandre e praticamente todo o seu secretariado.

 

Silva Jardim já tem tudo para implantar e desenvolver o agroturismo e o turismo ecológico como suas principais fontes de recursos; basta que o Poder Público e as instituições em geral se integrem, estruturem os serviços e os façam funcionar. A avaliação foi feita pelo técnico em Turismo Rogério Alves, da cidade de Bonito (MS), na palestra “Modelo de Turismo Sustentável – Bonito um Caso de Sucesso”, no último dia 05/05, no seminário de Fomento do Turismo em Silva Jardim, promovido pela Secretaria municipal de Turismo, Indústria e Comércio (Semtic). O encontro, no qual o secretário Felipe Rocha e o Prefeito Anderson Alexandre apresentaram o Plano Municipal de Turismo, a proposta da Semtic e as diretrizes da nova gestão, contou com representantes de várias entidades ligadas ao Turismo, Indústria e Comércio de Silva Jardim, assim como profissionais e professores de Turismo de outros municípios. O evento fez parte da programação oficial da festa de emancipação política de Silva Jardim, cujas atrações musicais começaram ontem.

O prefeito Anderson Alexandre aproveitou para citar o caso do Município de Bonito como referência nacional de turismo sustentável. No qual Silva Jardim está baseando o seu projeto de desenvolvimento turístico de acordo com o slogan “Turismo, Nossa Vocação”. “Vale lembrar que o Turismo em Bonito valorizou muito as propriedades, bem como o fato de 98 por cento dos pontos de visitação serem em áreas privadas, além do que a cidade teve um ganho ecológico muito grande”, pontuou o Prefeito durante a palestra de Rogério Alves, o qual acrescentou que um técnico em turismo na sua cidade atualmente ganha uma média de R$ 3,5 mil a R$ 8 mil por mês.O técnico citou exemplos de locais que já apresentam as características e estrutura necessárias para o desenvolvimento do agroturismo em Silva Jardim, como a Fazenda Santo Antônio dos Cordeiros, de propriedade de Ana Beatriz Cordeiro e Airton Violento, em Gaviões, a qual ele visitou. Bem como a fazenda Shangri-lá, com as cachoeiras das Sete Quedas; e o Poço das Andorinhas, ambos os pontos no distrito de Aldeia Velha, entre outros. “Só precisa agora integrar e fazer funcionar com a ajuda do Poder Público que já está interessado e empenhado em fazer”, incentivou ele.

Na palestra, Rogério mostrou como a sua cidade estruturou, desenvolveu e gerencia o projeto turístico que tirou o município do anonimato e das dificuldades econômicas, projetando-o mundialmente, já que recebe uma média de 300 mil visitantes por ano, apesar de contar com apenas 19 mil habitantes. “Bonito está a cerca de 500 quilômetros da capital, Campo Grande, e conseguiu realizar o projeto de atração turística com as suas belezas naturais. Imaginem vocês, aqui, distantes 100 quilômetros, cerca de uma hora da capital, com todo esse potencial ecológico, o que poderiam fazer”, ilustrou o técnico, lembrando que Bonito já está se tornando o principal destino turístico das pessoas que se dirigem ao Estado.

Realizado no Teatro Zezé Macedo, o encontro promoveu, ainda, mesas redondas com participantes como Rubens Branquinho (presidente da Neltur, Niterói), Elzário Pereira Júnior (Associação Brasileira de Turismólogos), João Evangelista (professor e chefe do Departamento de Turismo da Uff), Marcos Neves (“Políticas Públicas de Turismo e Capacitação”), Alex Castellar (Especialista em políticas públicas de turismo), Valéria Lima (Secretaria Estadual de Turismo - Turisrio), Airton Violento (Anda Brasil e Fazenda Santo Antônio dos Cordeiros), Antônio Henrique (Senac - Nacional), Antônio Rossi (Consultor em turismo), Sávio Neves (Presidente do Trem do Corcovado), Luiz Oswaldo (Coonatur) e Marcelo Castro (Diretor da Crux Eco Aventura). Todos parabenizaram o Prefeito Anderson Alexandre por estar trazendo o modelo de projeto turístico de Bonito para Silva Jardim, bem como pela recente nomeação do técnico e professor em Turismo Felipe Rocha para o cargo de secretário, destacando a capacidade deste em realizar. Eles também apresentaram suas experiências e trabalhos nas respectivas áreas de atuação e deram sugestões para a melhoria e desenvolvimento do Turismo sustentável em Silva Jardim, se colocando à disposição da cidade para apoiar no que for preciso e possível.

Participaram do encontro, também, representantes da Associação Comercial, Industrial e Agropastoril de Silva Jardim (Aciasj); Calangos Adventure, Anda Brasil, Associação Mico-Leão-Dourado (AMLD), Fazenda Bom Retiro, Pousada Beira-Rio, Pousada Ipuca, Trilhas Sete Quedas, Manain Turismo, Unigranrio, Hotel Fazenda Tapinuã, Agenda 21 Local, Sindicato dos Produtores Rurais, Fazenda/Reserva União e associações de moradores de Bananeiras e Aldeia Velha, entre outras entidades. Além do vice-Prefeito, Tião Rocha, e da secretária de Gabinete Civil e primeira-dama, Viviany Alexandre, bem como vários outros secretários municipais. O evento contou com a participação de cerca de 200 pessoas.


Aberta com um grandioso show do cantor evangélico Thales Roberto na última quarta-feira (07), a festa de emancipação político-administrativa de Silva Jardim prosseguiu ontem (08) com uma ótima apresentação do grupo “Celebrare” e continua hoje (09) com a participação do conjunto “Sambaí”. Thales Roberto, por sinal, abriu com chave de ouro as atrações (que vão até este domingo (11), com o show do cantor Rodrigo Santos), já que levou um público estimado de 10 mil pessoas ao Campo do Rial (Praça Orlando Pedro Xavier) as quais cantaram e dançaram ao som de seus eletrizantes louvores e adoradoras canções. A banda Celebrare agradou principalmente as gerações mais antigas apresentando sucessos nacionais e internacionais notadamente das décadas de 70, 80 e 90. A festa prossegue amanhã (10) com a aguardada apresentação do grupo “Paralamas do Sucesso”.

Com um agitado “suingue” musical que mistura samba, soul, reggae e hip-hop, Thales Roberto prendeu a atenção do público por praticamente duas horas, depois de subir ao palco gritando num megafone. E a interação com a plateia foi total quando ele cantou músicas que dizem que “foi Jesus que me libertou”, “estou cheio do amor de Deus”, “estou na Tua luz”, “eu sou blindado pelo sangue de Jesus”, “sejam cheios do Espírito Santo”, “viver no Teu amor me faz pensar no Teu amor” e “eu não preciso mais fumar maconha para ficar doidão”. Apresentou também hits mais suaves como os que falam sobre “Senhor eu nasci pra Te chamar de Deus” (que o público cantou junto com eles, a exemplo da maioria das músicas), “foi a mão de Deus” e “filho meu”.

Durante a apresentação o cantor também aproveitou para fazer uma “pregação” e dar o seu testemunho sobre a sua conversão ao evangelho, lendo um capítulo da Bíblia que fala a respeito de “não ser confundido no mundo pelas forças do mal e que o senhor teu Deus te salvará sobre todas as nações da terra”. Antes da apresentação, Thales Roberto conversou no camarim longamente com o Prefeito Anderson Alexandre e o vice Tião Rocha (que assistiram no próprio palco toda a apresentação).

O secretário municipal de Turismo, Indústria e Comércio (Semtic), Felipe Rocha de Aguiar, Pasta que coordena o evento, aproveitou para agradecer pessoalmente a presença de Thales na festa. Natural de Passos (MG), Thales Roberto, usando uma camiseta preta com uma cruz formada por várias frases religiosas escritas em branco no peito, contou passagens de sua vida antes de se tornar evangélico, posou para fotos e disse estar muito satisfeito em se apresentar pela primeira vez em Silva Jardim, assim como em toda a Região dos Lagos. Antes da apresentação de Thales, ocorreu a participação do grupo de balé local Andremylla Machado, o qual demonstrou as performances que foram premiadas recentemente no Festival de Dança de Petrópolis.

Já a apresentação do Celebrare, com hits internacionais de Bee Gees, Village People e Rolling Stones, por exemplo, assim como nacionais de Cazuza, Lulu Santos e Sandra Sá, entre muitos outros, colocou as gerações mais antigas para se movimentarem. Como o próprio prefeito Anderson Alexandre, secretários e convidados no camarote oficial montado especialmente na lateral do palco. Antes do Celebrare, num palco alternativo, se apresentou a banda silvajardinense “SJ Samba Show”, comandada pelo vocalista Jorginho do Cavaco.


A Companhia de Dança Andremylla Machado conquistou mais 5 importantes prêmios para o município. No inicio deste mês, no Festival de Dança de Petrópolis, realizado no Teatro Dom Pedro, suas representantes ficaram em primeiro lugar nas categorias "Jazz infantil" e " Solo infantil" além de " Melhor Coreografía" , segundo lugar em Ballet Clássico Juvenil, e terceiro lugar em "Solo Juvenil". A participação teve o apoio da Prefeitura Municipal de Silva Jardim.

Segundo a professora Andremylla, " as meninas competiram com companhias de dança de vários estados do Brasil como Sergipe, São Paulo, Recife e Santa Catarina, no total de 60 apresentações. Ela acrescenta que os pais ficaram muito felizes com o resultado obtido e apoiam a dedicação dos filhos"

Para a professora e para o município o mais importante é destacar que todas as crianças são da cidade, talentos da cidade,  e o apoio da prefeitura é fundamental.

As meninas foram convidadas para participar do Festival de Inverno de Friburgo e para se apresentar no Teatro Dercy Gonçalves.

Prefeitura Municipal de Silva Jardim, fazendo mais com menos!

Prefeitura Municipal de Silva Jardim - CNPJ: 28.741.098/0001-57 - Tels:(22) 2668-1125/2668-1430/2668-2000 - Rua Luiz Gomes, 46, Centro - Silva Jardim/RJ - CEP: 28820-000