As secretarias municipais de Turismo, Indústria e Comércio (Semtic), Educação e Cultura (Semec) e Trabalho, Habitação e Promoção Social (Semthps) estudam a possibilidade de firmar um convênio com o Serviço Nacional do Comércio (Senac RJ) para implantarem diversos cursos de capacitação em Silva Jardim. No último dia 10/04, os secretários Felipe Rocha (Semtic), Katia Passos (Semec) e Maria Dalva do Nascimento (Semthps) se reuniram com a representante do Senac RJ, Luana Nunes Ferreira, a fim de avaliarem as condições para um convênio nesse sentido.

-- Continuamos seguindo o objetivo de trazer cursos e outros benefícios para o município com as necessárias contrapartidas que não onerem os cofres públicos principalmente num momento de crise econômica como o que passamos – pontuou Felipe Rocha.

Eles discutiram a possibilidade de desenvolverem em parceria cursos como os de “Atendimento ao Turista”, “Camareira”, “Idiomas” e “Organização de Eventos” (Área de Turismo); “Educação a Seis Mãos”, “Libras -- Língua Brasileira de Sinais” e “Secretaria Escolar” (Educação); e “Cuidador Infantil”, “Agente de Projetos Sociais” e “Agente de Proteção Social Básica” (Promoção Social).

Os respectivos secretários demonstraram interesse nos citados cursos que apresentam perfis e conteúdos compatíveis com as suas Pastas. De acordo com Luana Ferreira, que esteve no município a convite das referidas secretarias municipais, os cursos fazem parte do Programa “Escola Parceira”, da gerência de Educação e Sustentabilidade do Senac/Rio.

Segundo a representante Luana Ferreira, um dos cursos muito procurados é o de “Educação a Seis Mãos”, que envolve, num mesmo processo, os diretores escolares, pais de alunos e professores. Ele engloba Educação Infantil, Psicomotricidade e Empreendedorismo, visando prestar apoio à família na educação e formação integral dos alunos. Além de instruir os pais a desenvolverem alguma atividade que possa lhes trazer renda financeira. Também participaram do encontro a diretora de Promoção Social da Semtphs, Rhana Viana Braga de Souza; e o assistente social do Cras/Estadual Fabiano Souza Porto.