Disputa elege receitas e produtos que são a marca registrada da culinária fluminense

 

A cidade de Silva Jardim  vem se destacando também no setor de culinária. Devido a isso, o município estará participando do concurso “As 7 Maravilhas Gastronômicas do Estado do Rio de Janeiro” que vai eleger, por votação popular na internet, os produtos mais representativos da culinária fluminense.

O município da Baixada Litorânea estará representado pelo prato palmito pupunha e irá concorrer com iguarias como o biscoito Globo, famoso nas praias do Rio; o chuvisco de Campos dos Goytacazes; a cachaça de Paraty; o filé à Oswaldo Aranha; a caipirinha; a feijoada; o picadinho carioca; os doces Carmem, de Miguel Pereira; a macadâmia de Piraí e os doces e geleias do Sítio Humaytá, de Petrópolis. Ao todo foram selecionados 40 pratos diferentes dos pelo curador e coordenador do projeto, o jornalista e escritor Chico Júnior.

Durante o mês de julho o público poderá colaborar indicando outras marcas registradas, com sua procedência e a justificativa para concorrer ao título. As sugestões para inclusão de prato ou produto serão avaliadas pela coordenação do concurso, considerando suas relações histórico-culturais com a cidade ou região. Em agosto, os fluminenses poderão começar a eleger suas maravilhas gastronômicas pelo site oficial, indicando sete itens da lista divulgada. Serão eleitos os produtos que receberem mais votos.

Inédito no Brasil, o concurso busca valorizar e divulgar a gastronomia do Estado do Rio de Janeiro. As produções locais e o saber de cada receita colaboram para o desenvolvimento socioeconômico, cultural e turístico.  “Através da culinária, conhecemos os hábitos, a história e a cultura do povo de cada região”, diz Chico Júnior, também pesquisador da gastronomia regional brasileira e do Estado do Rio. Ele é autor dos livros “Roteiros do Sabor Brasileiro” (patrocinado pelo Sebrae Nacional), e “Roteiros do Sabor do Estado do Rio de Janeiro” (Editora Senac-Rio).

O prefeito Anderson Alexandre destacou que a escolha do prato só valoriza o setor econômico da cidade e pede que toda a população silvajardinense vote na iguaria local no concurso que conta com o apoio do Governo do Estado.