Começaram na última quarta-feira (24.01.18) o 4º dia de gravações de um filme nacional em Silva Jardim. Num dos intervalos da produção, o diretor Milton Alencar Jr., falou sobre o longa-metragem e o motivo que o levou a escolher a Praça Amaral Peixoto como uma das locações da obra, baseada na chacina de Vigário Geral, que deixou 21 mortos, e este ano completa 25 anos.

Essa é uma das praças que eu considero mais bonitas do Rio de Janeiro. Eu andei buscando lugares pra filmar, e achei nessa praça aqui uma luminosidade totalmente providencial pra gente. O que nos trouxe objetivamente aqui foi o coreto. O coreto é semelhante ao que tem lá em Vigário Geral, na Praça Catolé do Rocha”, relatou Milton.

Estrelado pela atriz Prisma da Matta, o filme tem no elenco o ator André Gonçalves, entre outros artistas. Segundo a direção, serão seis dias de gravações na cidade. Ao todo, cerca de 40 pessoas, entre elenco e equipe técnica, estão envolvidas na produção do longa, que tem nome provisório de “21, Mão na Cabeça” e deve ser lançado até o fim deste ano.

PRAÇA VAI SER REVITALIZADA

Considerado um dos principais cartões postais da cidade, a Praça Amaral Peixoto vai passar por uma obra de revitalização nos próximos meses. O projeto de reforma deve custar cerca de R$ 500 mil e será custeado através de um convênio da Prefeitura de Silva Jardim com o governo federal.

 

(Foto: Ascom Silva Jardim)