^ Back to Top


Equipes da Secretaria de Saúde e Assistência Social de Silva Jardim estão intensificando a campanha de vacinação contra o HPV, para meninos com idades de 11 a 14 anos (11 meses e vinte e nove dias), e meningite C, para meninos e meninas com faixa etária entre 12 e 13 anos. O grupo foi incluído este ano no público alvo do calendário de vacinação do Ministério da Saúde.

Ainda conforme o Ministério da Saúde, a vacina contra o HPV será aplicada em duas doses com intervalo de seis meses. A transmissão da doença se dá por via sexual, e a imunização previne casos de câncer de colo de útero, além de câncer de vulva, vagina, ânus, pênis e orofaringe. O HPV é responsável pelas verrugas genitais, conhecidas como condiloma acuminado.

Segundo especialistas, a transmissão do vírus HPV por meninos é alta, por isso há necessidade de conscientizar os pais sobre a importância de imunizar seus filhos antes da primeira relação sexual. Já a meningite C é o subtipo mais frequente da doença, que é considerada grave e de rápida evolução. A imunização contra a meningite C é feita em dose única.

 

A Coordenadoria Municipal de Imunização informou que a estratégia de intensificar a vacinação nas escolas, tem o objetivo de atender de forma homogênea o público alvo da campanha. O setor ligado à secretaria de Saúde lembrou ainda que os estudantes também podem ser vacinados na Unidade Básica de Saúde (UBS) mais próxima, independentemente da campanha.

Leia mais:Adolescentes são Imunizados contra HPV e Meningite C em Silva Jardim


Visando a discussão de propostas, avaliação e melhoria da gestão de saúde em Silva Jardim, após deliberação do Conselho Municipal de Saúde, será realizada a 10ª Conferência Municipal de Saúde que acontecerá do dia 15 a 22 de julho de 2017 no CEPM Professora Vera Lúcia Pereira Coelho.

É nos espaços das Conferências que a sociedade se articula para garantir os interesses e as necessidades da população na área da saúde e assegurar diversas formas de pensar o SUS, assim como para ampliar, junto à sociedade, a disseminação de informações sobre o Sistema, para fortalecê-lo.

 

A preparação para a realização da conferência municipal está acontecendo desde o início do mês de junho em vários bairros do município como Bananeiras, Boqueirão, Lucilândia, Caxito, Cidade Nova, Fazenda Brasil, Gaviões, Imbaú, Mato Alto e Varginha através das pré-conferências.

Leia mais:Desenvolvimento da Saúde será Discutido em Conferência Municipal nos dias 15 a 22


 

Considerando que a partir de 2017 o calendário vacinal dos adolescentes foi ampliado pelo Ministério da Saúde, incluindo a vacinação contra o “HPV” para meninos nas idades de 11 a 14 anos (11 meses e vinte e nove dias) e a vacina “Meningo C” na faixa etária de 12 e 13 anos para meninos e meninas, a Secretaria Municipal de Saúde e Assistência Social (Semsa) de Silva de Jardim informa que em parceria com a Secretaria Municipal de Educação, Cultura, Ciência e Tecnologia (Semec-CT) realizará a vacinação dos adolescentes da rede de ensino do município através das Unidades Básicas de Saúde (UBS) de cada bairro. A estratégia de intensificação da vacinação para adolescentes nas escolas visa atender de forma homogênea das faixas etárias, o que contribuirá para uma cobertura vacinal mais eficaz de nossos jovens.

Leia mais:Nota Informativa


A Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) divulgou o resultado parcial do total da população vacinada contra a gripe (influenza) em Silva Jardim. Do total de 4.359 pessoas do público-alvo aproximadamente 2.577 foram imunizadas, ou seja, até o momento cerca de 59,1% foram vacinados. A campanha foi prorrogada até o dia 2 de junho. De acordo com o Programa Nacional de Imunização do Ministério da Saúde a vacina precisa de 15 dias para garantir o efeito, desta forma é importante que o público-alvo seja vacinado o mais breve possível.

Ainda de acordo com a Semsa do total de 1.377 crianças previstas para serem vacinadas aproximadamente 48,2%, ou 665, foram imunizadas. Da previsão de 2.405 idosos, foram vacinados 1.651, ou seja, 68,6%. E do total de 302 trabalhadores de saúde foram imunizados 224, o que representa 74,1%.

 

O público-alvo da campanha é formado por pessoas a partir de 60 anos, crianças de seis meses a menores de cinco anos (quatro anos, 11 meses e 29 dias), trabalhadores de saúde, professores das redes pública e privada, povos indígenas, gestantes, puérperas (até 45 dias após o parto), pessoas privadas de liberdade – o que inclui adolescentes e jovens de 12 a 21 anos em medidas socioeducativas – e os funcionários do sistema prisional.

Leia mais:Secretaria de Saúde Divulga Resultado Parcial de População Vacinada Contra a Gripe


Termina na segunda-feira (5), a série de palestras que o Centro de Atenção Psicossocial (Caps) está realizando nos postos de saúde de Silva Jardim, em comemoração ao mês Nacional da Luta Antimanicomial. O objetivo é propor mudanças no cenário da atenção à saúde mental, e questionar relações de estigma e exclusão social estabelecidos às pessoas com transtornos mentais.

Segundo a coordenadoria da Rede da Atenção Psicossocial, o grupo esteve em 15 das 16 Unidades Básicas de Saúde, no mês de maio. Na última segunda-feira (29), a equipe palestrou sobre o tema no distrito de Bananeiras. Na sexta-feira (26), foi a vez dos moradores de Mato Alto receberem a ação.

 

O Dia Nacional da Luta Antimanicomial é celebrado em 18 de maio. A data foi instaurada durante o Movimento dos Trabalhadores em Saúde Mental, em São Paulo, no final da década de 1980. Na ocasião, foi adotado o lema: “por uma sociedade sem manicômios”, e inaugurada uma nova trajetória da proposta de Reforma Psiquiátrica.

Leia mais:Série de Palestras em Postos de Saúde Termina na Segunda-Feira

Prefeitura Municipal de Silva Jardim - CNPJ: 28.741.098/0001-57 - Tels:(22) 2668-1125/2668-1430/2668-2000 - Rua Luiz Gomes, 46, Centro - Silva Jardim/RJ - CEP: 28820-000