^ Back to Top

A Prefeitura através da Secretaria Municipal de Habitação, Trabalho e Promoção Social (SMTHPS) realizará amanhã (10) a partir das 08:00 horas a X Conferência Municipal de Assistência Social de Silva Jardim, o evento acontecerá no sítio Zezé Festas, que fica na Avenida Oito de Maio, Centro – Silva Jardim. Sua presença é muito importante, confira abaixo a programação:

 

 

Programação da X Conferência Municipal de Assistência Social 
08:00 horas - Credenciamento
08:40 horas - Cofee Break
09 horas - Leitura do Regimento Interno
09:10 horas - Mesa de Abertura 
09:15 horas - Hino Nacional
09:45 horas - Apresentação Cultural 
10 horas - Palestra 
10:45 horas - Debates 
11:30 horas - Encerramento 
13:30 - Apresentação Cultural 
14 horas - Divisão dos Grupos temáticos 
15:00 horas - Apresentação dos Grupos 
15:30 horas - Escolha dos delegados 
16:00 horas - Encerramento e Coquitel

Os trabalhos produzidos pelos cerca de 50 alunos do Centro de Referência e Assistência Social (Cras) Federal foram apresentados durante a confraternização de fim de curso da primeira turma do programa, que aconteceu no dia 30, na antiga Casa de Cultura de Silva Jardim.

O programa atende a alunos com faixa etária até 17 e a partir dos 60 anos de idade, como é estabelecido pelo Ministério do Desenvolvimento Social (MDS). De acordo com a coordenação do Cras, sete tipo de oficinas diferentes são oferecidas, entre elas, crochê, pintura em tecido, e bordado à mão livre.

O Cras é uma unidade pública ligada à Secretaria Municipal de Trabalho, Habitação e Promoção Social (SMTHPS), que tem como objetivo assistencializar as famílias com vulnerabilidade social. “Ali os alunos não aprendem simplesmente a fazer um artesanato, mas desenvolvem a convivência em grupo e fortalecem os vínculos sociais”, disse a psicóloga Ilana Xavier da Fonseca.

 

(Fotos: Divulgação/SMTHPS)

 

Iniciou no dia 15 as inscrições para o I Processo de Escolha Unificado dos Conselheiros Tutelares de Silva Jardim. As inscrições são gratuitas e vão até o dia 30 de junho, e os interessados devem fazer sua inscrição na Secretaria Municipal de Trabalho, Habitação e Promoção que fica na Rua Sansão Pedro David, 344, no Centro de Silva Jardim.

 

A eleição de conselheiros tutelares acontecerá no dia 04 de outubro e serão disponibilizadas 05 (cinco) vagas para conselheiro tutelar em Silva Jardim, a remuneração mensal é de R$ 1.495,06 e o madato de conselheiro será de 04 anos (2016 a 2019). Requisitos para inscrição e maiores informações podem ser obtidas acessando o site www.silvajardim.rj.gov.br.

 

No mês de abril/2015 em que o País teve o pior resultado para o mês em 23 anos na geração de empregos. Silva Jardim se destacou com o melhor resultado da Região da Baixada Litorânea do Estado do Rio de Janeiro de acordo com levantamento do Ministério do Trabalho. O município ficou à frente de todos os municípios da região: Araruama (2º), Armação de Búzios (3º), Iguaba Grande (4º), Arraial do Cabo (5º), São Pedro da Aldeia (6º), Casimiro de Abreu (7º), Cabo Frio (8º), Saquarema (9º) e Rio das Ostras (10º). Com uma variação positiva de 18 novos postos de trabalho, o desempenho de geração de empregos em Silva Jardim foi melhor do que de municípios como Rio Bonito (-117), Macaé (-860) e Rio de Janeiro (-7834).

Num ano em que a economia nacional passa por um momento delicado e o desemprego tem crescido vertiginosamente, o município de Silva Jardim tem mostrado que está na contramão da crise, continuando a gerar empregos, resultado que é nítido no levantamento do Ministério do Trabalho através do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (CAGED).

No mês de abril em Silva Jardim houveram 55 admissões e 37 desligamentos, com saldo de 18 novas vagas preenchidas, e as 05 funções que mais admitiram foram: mecânico de manutenção de máquinas, vendedor de comércio varejista, carpinteiro de obras, atendente de lanchonete e trabalhador da pecuária.

GERAÇÃO DE EMPREGOS – ABRIL/2015
Região da Baixada Litorânea/RJ
1º – Silva Jardim: 55 admissões, 37 desligamentos e variação positiva de 18;
2º – Araruama: 461 admissões, 447 desligamentos e variação positiva de 14;
3º – Armação de Búzios: 461 admissões,449 desligamentos e variação positiva de 12;
4º – Iguaba Grande: 35 admissões, 30 desligamentos e variação positiva de 5;
5º – Arraial do Cabo: 86 admissões, 115 desligamentos e variação negativa de -29;
6º – São Pedro da Aldeia: 351 admissões, 408 desligamentos e variação negativa de -57;
7º – Casimiro de Abreu: 218 admissões, 339 desligamentos e variação negativa de -121;
8º – Cabo Frio: 1170 admissões, 1312 desligamentos e variação negativa de -142;
9º – Saquarema: 822 admissões, 969 desligamentos e variação negativa de -147;
10º – Rio das Ostras: 803 admissões, 974 desligamentos e variação negativa de -171;

(Fonte: Caged/Ministério do Trabalho)

 

Foi realizada na sexta-feira (22/5), no Teatro Zezé Macedo, a VIII Conferência Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente de Silva Jardim. Com o intuito de aperfeiçoar o atendimento às crianças e aos adolescentes do município, adequando as ações ao plano decenal, a conferência contou com a participação de mais de 160 pessoas e elegeu os quatro delegados titulares e quatro suplentes para representar o município na Conferência Estadual dos Direitos da Criança e do Adolescente.

No evento foram discutidos eixos para implantação do plano decenal em Silva Jardim, e os eixos centrais tiveram como temas a proteção dos direitos de crianças e adolescentes, a proteção e defesa dos direitos, o protagonismo e participação de crianças e adolescentes, controle social da efetivação dos direitos e a gestão da política nacional dos direitos humanos de crianças e adolescentes.

A conferência teve ainda uma palestra com o psicólogo Sérgio Henrique Teixeira, especialista em infância e adolescência, que exemplificou o métodos que aperfeiçoam a aplicações de medidas protetivas dos direitos das crianças e dos adolescentes para um ambiente decenal. O evento ainda contou com apresentações culturais com a Companhia de Dança Andremylla Machado e apresentação de música com alunos da professora Tamara David.

Participaram do evento o Vice-Prefeito Tião Rocha, a Secretária de Promoção Social, Maria Dalva; o Presidente do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente de Silva Jardim, Leandro Morais Amorim; a Presidente do Conselho Tutelar do município, Nicelma Zózimo da Silva; além da presença de de vários secretários e subsecretários municipais e diversos diretores de escolas, professores e adolescentes.

DELEGADOS ELEITOS PARA A CONFERÊNCIA ESTADUAL

Representantes dos adolescentes:
Estefane Sabino (Titular);
Ana Carolina Ferreira (Suplente);

Representantes do Conselho Tutelar:
Nicelma Zózimo da Silva (Titular);
Rosana Soares (Suplente);

Representantes do CMDCA Não-governamental:
Leandro Morais Amorim (Titular);
Lenilda Bragança Virgolino (Suplente);

 

Representantes do CMDCA Governamental:
Ruth Correa (Titular);
Ligia Maria dos Santos Alcântara (Suplente).

 

Prefeitura Municipal de Silva Jardim - CNPJ: 28.741.098/0001-57 - Tels:(22) 2668-1125/2668-1430/2668-2000 - Rua Luiz Gomes, 46, Centro - Silva Jardim/RJ - CEP: 28820-000