Cerca de 15 alunos de taekwondo, moradores do bairro Varginha, em Silva Jardim, participaram de um evento de graduação de faixa, no sábado (10), em Cabo Frio, na região dos lagos do Rio. Os alunos são do Centro de Referência de Assistência Social (Cras) Volante, que funciona na Varginha, e que leva esporte, dança e música para crianças e jovens com faixa etária entre 6 e 19 anos.

O evento foi promovido pela Liga Cabofriense de Taekwondo, e aconteceu no Ginásio Poliesportivo Aracy Machado. O professor faixa preta - 1º dan, Wanderson Silva, responsável por ministrar as aulas na Varginha, disse que o exame de graduação acontece a cada seis meses, e que nesta ocasião, 10 dos seus 26 alunos do projeto realizaram a troca da faixa branca, pela amarela.

“É muito legal vê-los empolgados e comprometidos com o esporte. Fico feliz e realizado quando os pais deles [alunos] vêm até mim, e dizem que observaram melhoras no comportamento deles em casa e na escola. Eu sempre digo que, antes de formar atletas, priorizamos formar cidadãos, pessoas do bem”, pontuou o professor Wanderson Silva.

O secretário da SMTHPS, Sebastião Rocha, lembrou que a prática de esportes no bairro tem tirados os jovens da ociosidade. “Esse projeto atende a crianças e jovens que não tem acesso a outros programas sociais, e a ideia é expandir os cursos que já são oferecidos na unidade”, afirmou.

 

As aulas de taekwondo na Varginha acontecem as terças e quintas-feiras, em dois horários: às 10h e 13h, na unidade do Cras Volante, que funciona no sítio da Primeira Igreja Batista. O Cras Volante oferece ainda aulas de judô, balé, violino, violão, flauta doce, e musicalização com materiais recicláveis.