^ Back to Top

A Prefeitura está reformando a quadra esportiva de Juturnaíba e a obra está quase concluída. Realizada com recursos próprios do município o custo da obra é de aproximadamente R$ 145 mil e tem previsão de conclusão para o fim deste ano. O andamento da obra de Juturnaíba é diferente das obras de reforma da quadra do Boqueirão e Terminal Rodoviário, que são financiadas pelo Governo Federal, e que devido a crise econômica nacional a União está demorando a repassar recursos federais para o andamento das mesmas.

Leia mais:Reforma da quadra esportiva de Juturnaíba está próxima de ser concluída em Silva Jardim

Visando aperfeiçoar e dinamizar os atendimentos aos moradores, a Secretaria Municipal de Obras e Serviços Públicos (SEMOSP) desde abril realiza o controle das solicitações de intervenções urbanas feitas em Silva Jardim. O serviço desde o início do controle já registrou 622 atendimentos em todos os bairros de Silva Jardim. Para solicitar os serviços o morador pode ligar para o número (22) 2668 1712.

Entre os serviços que foram atendidos pela SEMOSP estão a melhoria em iluminação pública, retirada de entulhos, roçada e corte de grama, poda de árvores, conserto de buracos em ruas, solicitação de latão de lixo, extensão de rede de manilhas, limpeza de fossas, entre outros. Do total de 622 solicitações atendidas 27% foram de serviços de manutenção de rede de esgotamento/fossa, 22% de solicitações de latão de lixo e 19% de manutenção na rede de iluminação pública.

Os bairros que mais foram atendidos com os serviços foram o Centro com 11,4% do total de solicitações, Reginópolis com 9,8%, Caju com 7,7%, Aldeia Velha com 7,2%, Boqueirão e Cidade Nova com 5,4% respectivamente, Santo Expedito com 5,3%, Fazenda Brasil com 4,9%, Biquinha com 4,1%, Lucilândia, Nª Srª da Lapa com 3,5%, Bananeiras com 3,2% e Varginha com 3% de atendimento do total de solicitações.

Leia mais:Secretaria de obras já atendeu mais de 600 solicitações desde abril

Após a colocação de manilhas na rua 21 do bairro Varginha, em Silva Jardim, as obras de drenagem e pavimentação da localidade seguem em nova fase. Os operários trabalham na construção de poços de visita, que são compartimentos criados para facilitarem a manutenção da rede fluvial.

No dia (1º), uma escavadeira hidráulica deu início ao trabalho de colocação de manilhas na principal rua do bairro, para captação de águas fluviais.

Os moradores do bairro estão otimistas com as obras. “O projeto está muito bonito e vai melhorar muito a nossa rotina! Quando chove a gente só pode sair de bota porque fica com muita lama na rua. E esse é um problema de muito tempo que, finalmente, está sendo resolvido”, disse o morador Germano Oliveira, de 67 anos.

 

(Fotos: Ascom/Silva Jardim)

 

Leia mais:Obras no bairro Varginha estão em nova fase

O “Disk Caçamba”, serviço gratuito de coleta de entulhos, folhas e galhos de árvores, oferecido pela prefeitura de Silva Jardim, através da Secretaria Municipal de Obras e Serviços Públicos (SEMOSP), atende, em média, 138 notificações por mês na cidade.

Oito caçambas estão sendo utilizadas para atenderem a demanda do serviço, que é prestado por uma empresa terceirizada. Segundo a SEMOSP, o lixo orgânico está sendo descartado, com autorização da Secretaria Municipal de Meio Ambiente, no terreno do antigo lixão da localidade de Goiabal. Já os entulhos, ainda conforme a SEMOSP, estão sendo reutilizados em serviços de tapa-buracos nas vias não pavimentadas do município.

Na Rua Pedro Pereira Garcia, no bairro Fazenda Brasil, nossa reportagem acompanhou, na sexta-feira (21), o trabalho de retirada da caçamba com o que restou de uma demolição. “Ajudou muito. O atendimento foi rápido... Meu marido ligou e logo eles vieram. Se não tivesse essa caçamba a gente iria gastar uma grana pra tirar esses entulhos daí”, relata a moradora Regiane Castro.

Eu fiz a solicitação e em menos de 24 horas eles trouxeram a caçamba pra gente colocar os entulhos. Esse trabalho é muito importante”, pontua a moradora Mary Lopes, de 60 anos, que já utilizou o serviço por duas vezes.

O secretário da SEMOSP, Adão Firmino de Souza, disse que a prestação do serviço é uma forma de educar as pessoas a manterem a cidade limpa. “Além disso, é um trabalho relevante porque evita aquele transtorno do lixo ficar nas calçadas”, conta o secretário, informando que já foi feita panfletagem no município avisando sobre a iniciativa.

Os moradores de Silva Jardim que precisarem acionar o “Disk Caçamba”, devem entrar em contato com a SEMOSP de segunda a sexta-feira, no horário entre 10h às 16h, através do telefone (22) 2668-1435, ou irem até a sede do órgão público, no endereço: Avenida 8 de maio, nº 950, Centro da cidade.

(Reportagem: Lucas Madureira)

 

 

Leia mais:Serviço de coleta de entulhos atende 138 notificações por mês em Silva Jardim

As obras de drenagem e pavimentação de ruas no bairro Varginha, em Silva Jardim, retornaram no dia 10 de agosto. Com 14 quilômetros de obras e um custo de R$ 17 milhões, a obra é uma parceria do Governo do Estado do Rio de Janeiro com a Prefeitura de Silva Jardim, através do programa Somando Forças, em que o Governo do Estado financia 95% e o município 5%.

A obra que foi paralisada no ano passado pelo Governo do Estado, retornou agora após o Governo fluminense reiniciar aos poucos várias obras no Estado. A mudança de gestão e a crise econômica nacional foram as razões para paralisação de praticamente todas as obras do Governo do Estado. O reinício das obras na Varginha deu-se pela colocação de rede de drenagem na Rua Vinte e Um, só nesta rua serão colocadas aproximadamente 250 manilhas.

O Prefeito Anderson Alexandre comentou o que levou a paralisação das obras e frisou que o reinício da obra era um desejo de todos os moradores da Varginha. “Após a paralisação com a transição de governo, mesmo com a recondução do Governador Pezão, o período de saída de um governo para o outro dificulta a continuidade de obras, e isso levou a paralisação da obra da Varginha. Esta obra é uma luta minha desde o fim da eleição de 2012, e o Governo Municipal tem trabalhado para o retorno das obras, que é um desejo de todos os moradores do bairro. A obra reiniciou com o depósito da primeira de dez parcelas que o Governo do Estado irá fazer, em breve o Estado fará o depósito da segunda parcela e as obras continuarão a todo vapor”. Disse o Prefeito.

 

Reservatório de água também é instalado na Varginha

 

Outro problema da localidade, um reservatório de 50.000 mil litros de água foi instalado na Varginha visando abastecer os moradores do bairro e de Cesário Alvim. O projeto de instalação do reservatório é uma parceria da Prefeitura de Silva Jardim com a Concessionária Águas de Juturnaíba. O Prefeito Anderson Alexandre, o Vice-Prefeito Tião Rocha e o Superintendente da Concessionária, Carlos Gontijo, estiveram vistoriando a obra na tarde de ontem (10/08) e puderam conferir a estrutura montada para abastecer a região. De acordo com o Prefeito a previsão é de que o abastecimento de água comece no prazo de 30 dias. O reservatório está passando por testes e em breve estará pronto para poder abastecer Varginha e Cesário Alvim.

Leia mais:Obras de drenagem e pavimentação da Varginha retornam e abastecimento de água será regularizado

Prefeitura Municipal de Silva Jardim - CNPJ: 28.741.098/0001-57 - Tels:(22) 2668-1125/2668-1430/2668-2000 - Rua Luiz Gomes, 46, Centro - Silva Jardim/RJ - CEP: 28820-000