O acesso à localidade de Bananeiras já está com o projeto executivo licitado e será mesmo construído pela concessionária Auto Pista Fluminense dentro das obras de duplicação da Rodovia BR-101 no trecho que passa pelo município de Silva Jardim. A informação foi uma das prestadas ao vice-prefeito Sebastião Rocha e ao secretário municipal de Planejamento, Antônio Carlos de Lacerda, em reunião com representantes da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) e da Auto Pista Fluminense no último dia 21/08, no Rio de Janeiro. Os representantes de Silva Jardim também foram informados sobre a mudança no projeto para beneficiar o bairro de Caxito (trevo em nível) e a garantia do acesso para o bairro de Lucilândia.

-- O acesso para Bananeiras, assim como as outras entradas e melhorias, é fruto do empenho que a Administração Municipal tem feito junto à ANNT e à Auto Pista para garantir a facilidade de ir e vir dos munícipes, assim como o crescimento do Município -- acrescentou Tião Rocha, lembrando que ele próprio já participou de vários encontros com os respectivos representantes das entidades.

O vice-prefeito aproveitou, ainda, para agradecer ao Coordenador de Exploração da Infraestrutura da ANTT, Carlos Frederico Freire Peixoto, e ao Diretor-Presidente da Auto Pista, Odílio de Jesus Ferreira, pelos acessos já previstos no trecho da rodovia que corta o Município. Como os trevos de Boqueirão (o principal na entrada da cidade, no KM 237), Imbaú (cujo viaduto já se encontra em construção), e de Aldeia Velha.

Tião e Lacerda também pediram a agilização da construção dos acessos de Boqueirão e Caxito, já que, segundo eles, ainda estão acontecendo muitos acidentes automobilísticos naquele perímetro da estrada. A exemplo dos que causaram as mortes de duas mulheres nos últimos dias 02 e 19/08, Maísa e Luci, respectivamente. Odílio esclareceu que a empresa também se preocupa com o fato, embora tenha dados estatísticos que mostram que o índice de acidentes na BR na região como um todo diminuíram em cerca de 32 por cento.

Sobre a agilização do trevo de Boqueirão, Odílio Ferreira e Carlos Peixoto informaram que as obras ainda não começaram porque está sendo resolvida junto à Prefeitura de Silva Jardim a questão da desapropriação da área de cerca de 10 mil metros quadrados no sentido norte na pista no local que será ocupada por boa parte do acesso. O que, segundo eles, já foi inclusive encaminhada ao Ministério dos Transportes.

O secretário Antônio Carlos de Lacerda informou-llhes que já há um ato de desapropriação da área no setor de registro de "Títulos e Documentos" desde a época em que ele foi prefeito do Município, em 2000. O que pode servir de apoio para o trâmite do processo.

No que diz respeito ao acesso de Caxito, os responsáveis pela ANTT e a Auto Pista informaram que o projeto incluiu uma pista variante de desaceleração para facilitar o acesso previsto para o bairro. Tião solicitou que o projeto fosse readaptado para proporcionar mais segurança principalmente na travessia dos pedestres e frequentadores do comércio no local, mas os representantes argumentaram não ser possível mudá-lo novamente, devido às características técnicas e topográficas do local.

-- Com a boa e moderna sinalização que será feita ali, rapidamente os pedestres, motoristas e comerciantes em geral vão se adaptar e orientar melhor no tráfego -- pontuou Carlos Peixoto, mostrando o croqui da obra.

Já em relação à Lucilândia, os técnicos adiantaram que o acesso terá uma espécie de "alça" à altura da Rua "B", no quilômetro 237, que vai melhorar a circulação no local. Os representantes informaram, além disso, sobre as melhorias em geral que haverão com a duplicação da BR-101, como as duas passarelas a serem construídas entre os quilômetros 237 e 238.

A reunião, na sede da ANTT no Rio, contou com as presenças, ainda, de Geovane Zito Gomes e Rogério Alves Bastos, respectivamente, gerente de engenharia e gerente de Planejamento da Auto Pista Fluminense, assim como de Marcelo Vargas (Explorador de Regulação Financeira da Rodovia BR-101 pela ANTT).

 

(Reportagem: Evaldo Peclat Nascimento)