A Prefeitura de Silva Jardim acaba de publicar o decreto que regulamenta os pagamentos do IPTU - Imposto Predial e Territorial Urbano, TRSD - Taxa de Resíduos Sólidos Domiciliares e a CCSIP - Contribuição para Custeio dos Serviços de Iluminação Pública. Os descontos no IPTU chegam até 30% para quem quitá-lo em cota única até dia 31 de março, e o mesmo poderá ser parcelado em até 10 vezes.

De acordo com o Prefeito Anderson Alexandre, este desconto fará com que as famílias economizem um pouco mais e invistam mais na sua qualidade de vida. O Prefeito, que não esconde a necessidade municipal de se obter novas fontes de recursos sabe que o IPTU é uma importante fonte de receita para o Município, mas está ciente que o mesmo não pode ser praticado à valores abusivos.

Segundo o Sr Murilo Diniz Moreira, Sub Secretário do Tesouro, da Prefeitura Municipal de Silva Jardim, “a lei buscou seguir um caminho técnico onde existe uma enorme relação entre imposto alto e inadimplência. Ao se fazer essa lei se buscou beneficiar aquele contribuinte que sempre pagou seus impostos em dia e em contra partida aumentar a arrecadação dos recursos próprios que custeiam principalmente a educação e a saúde e o IPTU faz parte desses montantes de recursos próprios”

Em relação ao impacto, é claro que além de sobrar mais dinheiro no bolso do contribuinte, o desconto no IPTU, faz uma diferença significativa na economia municipal, pois também diminui a inadimplência, aumentando a arrecadação tributária.

Segundo a Sra Maria Cristina, moradora da Fazenda Brasil, bairro de Silva Jardim, “ é muito bom esse desconto, pois eu sempre pago minhas contas em dia e eu quero é diminuir o valor dos impostos...e assim eu posso gastar meu dinheiro suado com outras coisas. Qualquer coisa é melhor do que imposto alto”